Blog

3 orientações importantes antes de comprar um terreno para construir

Publicado por Ivanilza de Alencar em 01/05/2017 às 18h58

Se você está procurando um terreno para construir sua casa, com certeza está atento a uma boa localização e a uma documentação que esteja em ordem. Mas há outras características muito importantes que precisam ser analisadas antes da compra. 

  1. DESNÍVEL: Terrenos planos costumam ser mais caros do que terrenos inclinados pois evitam gastos com terraplenagem e muros de contenção de terra (arrimos). Já terrenos muito inclinados precisam ser bem analisados para que não surpreendam em relação ao investimento necessário para a construção da casa.


    2. POSIÇÃO DO SOL: A posição ideal de um terreno retangular em meio de quadra é quando o norte aponta para o lado oposto da rua. Isso porque o quintal ficará banhado pelo sol durante a maior parte do dia, privilegiando a área de lazer. E as laterais serão banhadas pelo sol da manhã e da tarde, o que resultará numa casa com bastante iluminação natural, muito agradável e bem valorizada no mercado imobiliário. Outras posições precisam ser avaliadas para que não haja desapontamento na hora de definir o projeto. 
Terreno visualizado no Google Maps

Uma dica: Procure o terreno no Google Maps e saiba que, como todo mapa, o Norte fica pra cima, o Sul fica pra baixo, o Leste (sol nascente) está à direita e o oeste (por do sol) está à esquerda.

  1. APROVEITAMENTO DO TERRENO: Como diz a sabedoria popular, “tamanho não é documento”! E isso também vale para terrenos pois mais importante do que o tamanho é o aproveitamento que se pode fazer dele! Isso é definido pela LEI MUNICIPAL DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO. Vamos ver as principais questões:

RECUOS: É preciso verificar quais são as exigências municipais e, se for condomínio, as exigências específicas em relação aos recuos frontais e de fundos, e também os afastamentos laterais. De uma forma geral, os terrenos de esquina perdem mais área para recuos e afastamentos.

TAXA DE APROVEITAMENTO: A taxa de aproveitamento mostra o tamanho máximo da construção. Por exemplo: Num terreno de 350.00 m2 com uma taxa de aproveitamento igual a 1, significa que a construção pode ter até 350.00 m2. Veja que isso tem que ser compatibilizado com as exigências de recuo! Então, se quiser construir toda a área permitida, inevitavelmente será um sobrado.

TAXA DE OCUPAÇÃO: A taxa de ocupação se refere ao quanto do terreno a construção pode ocupar. Por exemplo, num terreno de 350.00 m2 com uma taxa de aproveitamento igual a 60%, significa que o pavimento térreo pode ter até 210.00 m2 (60% de 350.00 m2). E essa taxa também tem que ser compatibilizada com os recuos e afastamentos.

Além dessas taxas, é necessário verificar se não há exigências em relação a área de permeabilidade, menos comum nas legislações mas com grande implicação no aproveitamento do terreno. Essa taxa pode variar de 20% a 40% significando o total da área do terreno que deverá ser permeável, ou seja, sem piso ou com piso drenante.

Você pode contar com a ajuda dos arquitetos da aei . arquitetura e interiores para lhe ajudar a definir o melhor terreno. Isso lhe dará a certeza de uma compra consciente!

 

Comentários (0)

show||||||news c15|c05 normalcase uppercase fwB bsd b02ne|c15|login news c05 normalcase uppercase|c05 tsN normalcase uppercase b01 bsd|b01 normalcase uppercase bsd c10|content-inner||